O que você deseja? Veja 5 dicas para construir um legado!

Dúvidas sobre como melhorar o relacionamento interpessoal? Veja 5 dicas!
11 de dezembro de 2017
Como assumir o controle da minha vida?
1 de fevereiro de 2018

Imagine um futuro bem distante, daqui a 100 anos, talvez. Como você acha que seu nome seria lembrado: alguém que fez algo memorável e serve de exemplo para os outros ou uma existência quase nula, sem muito efeito ao redor? E isso não diz respeito à conquista de fama ou sucesso, mas ao fato de você construir um legado.

Uma pessoa pode se destacar no mercado de trabalho, ser um chefe de família, pai, mãe, filho de alguém e ter aquela roda de amigos que sente sua falta. Mas, mesmo com as inúmeras “funções” que desempenha, você está seguindo um propósito de vida ou apenas fazendo o que esperam de você, em uma rotina “bonitinha” e automática?

Essa é uma maneira um pouco ruim de continuar os dias, não? Levando-se em conta que a vida passa bem rápido e é uma só, se você não mudar seu rumo agora, será difícil deixar um legado benéfico para o mundo.

Contudo, se começou a entender a importância de deixar uma “marca” positiva ao redor, mas não tem ideia do que fazer, não se desespere: continue a leitura e siga nossas dicas para fazer a diferença no mundo!

Uma existência para ser lembrada — e seguida

Quase todo mundo tem um ou mais “ídolos”. Trata-se de exemplos de pessoas (famosas ou não) cujas qualidades servem como inspiração para alguém traçar seu próprio caminho.

São indivíduos que construíram algo material ou imaterial (como valores e princípios) e que, apesar dos obstáculos e desafios, deixaram esse exemplo, profissional ou pessoal, tão forte e difícil esquecer. Sim, eles conseguiram deixar mais do que um modo de vida a ser seguido… Construíram, realmente, um legado.

Mas o que é, de fato, um legado e por que é tão importante para o mundo (e para si mesmo) que você se preocupe com isso? Deixar uma “herança” não se resume a um ato de altruísmo com os outros: é preciso olhar também para si mesmo!

Isso porque deixar um legado está diretamente relacionado a fazer o que se ama, tanto em âmbito pessoal quanto profissional. Você precisa estar feliz, seguindo o que acredita, para deixar, também, algo de bom para os outros.

Por isso, o legado é como uma postura mental assertiva e segura acerca do que se deseja, com atitude transformadora e empreendedora, mesmo que a materialização ocorra de forma gradual. Ao encontrar seu “caminho”, a pessoa se torna mais positiva e motivada perante o mundo.

Ela também fica mais paciente e generosa, pois passa a se cuidar e a despertar sentimentos nobres, como empatia e senso de coletividade. Assim, ao descobrir qual é o legado que você quer deixar, tudo começa a fazer mais sentido, principalmente as escolhas pessoais e profissionais.

Por isso, uma marca a ser apresentada ao mundo tem de ser muito mais do que uma planilha de bons resultados da empresa, por exemplo. Você precisa buscar grandes objetivos para a sua vida, algo transformador, que dure mais do que um semestre ou sua presença em um emprego. 

O legado deixado precisa tornar a sua vida longa, feliz e saudável e, ao mesmo tempo, a das pessoas que estão ao seu redor, no mínimo, mais significativas, despertando esperança e vontade de vencer no coração delas. 

5 dicas para você construir um legado

Veja, a seguir, o que você deve fazer para deixar um legado genuíno e de valor para si mesmo e para o mundo!

1. Questione-se

Para saber aonde você quer chegar, começar a fazer certas perguntas a si mesmo, com sinceridade, é fundamental. Mais do que definir metas e objetivos, as questões precisam ser inspiradoras e motivadoras, servindo como um estimulante e tanto para que se levante da cama todos os dias e saia em busca de seus sonhos. 

Para ficar mais fácil, imagine-se de volta à infância, quando temos tantos sonhos e a vontade realizar o (considerado) impossível, que, no fundo, são os “chamados” do nosso coração. Perguntas como “o que eu quero ser quando crescer?”, “o que vai fazer a minha vida valer a pena” ou “como eu quero ser lembrado lá no futuro?” podem ser um bom início. 

Buscar as respostas para esses questionamentos fará você conhecer seus pontos fortes e suas fraquezas, ajudando-o a traçar as metas para cumprir o caminho da felicidade e mudar o que for necessário para alcançá-lo. 

Ao mesmo tempo, esse é o primeiro passo para que alinhe suas ações com o propósito de vida (ou legado) que você deseja construir. 

2. Busque o autoconhecimento

Mesmo fazendo várias perguntas, às vezes é difícil descobrir o que queremos, do fundo do coração. Passamos tanto tempo da nossa vida no automático, fazendo apenas “o que tem que ser feito”, que deixamos de lado nossa essência e nossos desejos mais verdadeiros.

Por isso, é fundamental, no processo para se construir um legado grandioso, buscar o autoconhecimento. Isso porque o estado de espírito feliz é a raiz e a base de todos os seus desejos mais sinceros e que, portanto, têm realmente conexão com seu propósito de vida. 

Se for preciso, procure por ajuda profissional, como o coaching, para conquistar a autorrealização pessoal e profissional. O mais importante é definir o que você precisa para ser feliz, deixando, consequentemente, o seu melhor no mundo, e não apenas uma sombra do que poderia ter sido, não é verdade?

3. Defina seus desejos

Seja um pouco egoísta na busca por seus desejos, pois o mundo até vai agradecer quando você usar esse egoísmo para fazer algo realmente útil para a humanidade! Por um momento, coloque-se em primeiro lugar e pergunte a si próprio se faria tudo igual, em sua vida, se não tivesse ligação com trabalho, família e amigos.

O que você achar que precisa mudar, mude! Lembre-se de que, se você não fizer isso, ninguém mais fará. Tenha sempre uma lista de objetivos e metas verdadeiras, que inspirem seu dia a dia. 

4. Estabeleça um planejamento grandioso de vida 

Você acorda, toma banho, toma café, sai para trabalhar, tem uma série de reuniões, trabalha e trabalha, retorna para casa, toma banho, come de novo e dorme. Para variar, você inclui uma programação mais estimulante no final de semana e, em dois dias, tudo volta ao início.

Se a sua rotina é parecida com isso, saiba que você não é diferente de um robô, programado para atender às demandas externas o tempo todo. Contudo, não desanime e saia pedindo demissão para buscar uma vida mais focada em seus objetivos!

Você pode continuar com seus compromissos, mas acrescentar uma pitada de felicidade e motivação, além de sonhos, à sua rotina. Saia do “modo robô” construindo novos hábitos e mudando suas atitudes perante a vida. Cumpra seus objetivos e faça um planejamento de vida que valerá ser lembrado daqui a 50 anos. 

5. Mantenha o foco em seu propósito de vida

Acima de tudo e, apesar dos obstáculos que aparecerem no caminho, não perca, nunca, seu foco no propósito de vida que o conduzirá à felicidade!

Lembre-se de que o propósito (que é chave para o seu legado) é mais do que um sonho ou objetivo: é a missão de sua “alma”. Como esse sentimento é, ao mesmo tempo, tão profundo e peculiar, a sensação é de que ele não poderia ser de outra pessoa!

E não pode mesmo, pois cada ser humano é único, tanto em características físicas como em sentimentos e motivações. Por isso, é como se tivéssemos um “débito” com o universo, que confia a nós aquele caminho particular.

Quando encontramos nosso propósito de vida, nos sentimos tão felizes com a sensação de que nascemos para realizar exatamente aquilo! E quem consegue trilhar seu caminho certamente só tem a ganhar, pois se enche de energia, criatividade e ânimo. 

Seja o exemplo, a inspiração. Deixe uma herança do bem para o mundo e ajude a pessoa ao lado a construir um legado tão maravilhoso como o que você vai deixar a partir de agora! 

E aí, gostou do artigo de hoje? Inspire-se mais sobre o assunto, reconhecendo seu propósito de vida e sendo feliz! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se!


×
Inscreva-se!


×