Como conquistar a confiança do cliente?

Seja grato! Gratidão
26 de agosto de 2016
Qual o seu legado?
24 de setembro de 2016

Minha empresa tem um ano, acabou de fazer aniversário. Muitos colegas tentam entender como consegui conquistar tantos clientes em tão pouco tempo. A resposta é: confiança.Advidinha qual a pergunta que vem na sequência a essa afirmação? Acertou quem chutou: “e como conquistar a confiança, Clico?”. Posso responder a essa questões de duas formas, uma simples e outra mais complexa, mas ambas são verdadeiras. Na verdade, acho que a mais comprida é, meramente, um “como fazer” para se chegar à primeira.

A melhor maneira de conquistar a confiança do cliente, dos fornecedores, do amigo e do namorado é… ser uma pessoa confiável. Sua empresa só existe para servir à necessidade dos outros. Se isso não for feito direito, alguma coisa deu errado no meio do caminho. Confiança, portanto, é fundamental.E quais atitudes demonstram essa característica em uma pessoa ou empresa? Eu elenco algumas, que uso em meu dia a dia. Vou partir do pressuposto de que já é sabido que não devemos tentar tirar vantagem de ninguém e que devemos ser justos em nossas ações, ok? Vamos lá, então!

 

 

Tudo às claras

Jamais deixe as obrigações que cada uma das partes tem às escuras. Seja límpido como água, explicando tudo o que o contrato de prestação de serviços envolve. Se você trabalha no comércio, vale a mesma prática, aplicada, claro, à sua realidade.

 

 

Cumpra o prometido 

Se você garantiu data, preço ou qualidade específicos, jamais abra mão disso. Um cliente insatisfeito dificilmente procurará sua empresa novamente;

 

 

Erre (mas sem rabo preso)

Todo mundo erra. Se houve algum equívoco no relacionamento entre cliente/fornecedor e empresa, seja o primeiro a chamar para uma conversa e explicar o que saiu de controle e como isso será resolvido. Não se omita.

 

 

Comunique atrasos

Ok, as coisas podem, sim, entrar numa espiral maluca e a consequência costuma ser ocorrerem alguns atrasos. Em casos como esse, avise seu cliente com antecedência, e não no dia que ele estiver esperando a encomenda/serviço;

 

 

Ouça

Converse com o cliente/fornecedor com frequência, identificando o que está indo bem e o que não vai lá essas coisas. Mostrar-se interessado e cumprir as promessas de melhoria fortificam as relações.

 

 

Passe a mensagem 

Sejam sócios, sejam funcionários, todos devem estar alinhados com essa forma de pensar. Lidere pelo exemplo e exija comportamento confiável de todos os colaboradores.

Gostou das dicas? Comente este post!

Gratidão

Willian Lin e Verônica Lin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se!


×
Inscreva-se!


×