Entenda a relação direta que existe entre saúde e felicidade!

Como fazer um planejamento de carreira de sucesso
21 de Março de 2016
4 livros que todo líder deve ler
11 de Abril de 2016

Ser feliz é o primeiro passo para ser saudável. Parece uma afirmação clichê e até mesmo exagerada, mas está cientificamente comprovado que as pessoas felizes tendem a ser mais saudáveis.
Isso mesmo! Encarar a vida com otimismo, alto-astral, pensamentos positivos, leveza e bom humor são atitudes que podem interferir no bem-estar e na qualidade de vida. Quer entender a íntima relação entre saúde e felicidade? Então continue lendo o nosso artigo!

O panorama atual
Infelizmente, a sociedade atual vive uma crise existencial coletiva, marcada por problemas como violência, egoísmo, desigualdades sociais e capitalismo exacerbado. Esse quadro leva as pessoas a terem tempo para tudo, menos para serem felizes de verdade. Com isso elas vão perdendo aos poucos a saúde, abrindo espaço para doenças como estresse e depressão.

O negativismo e a tristeza refletem na integridade física
A saúde do corpo sofre quando a saúde da mente padece. Os problemas emocionais como o negativismo, o desânimo e a tristeza podem provocar prostração, dores musculares, problemas articulares, prejuízos à qualidade do sono, obesidade, dentre outras ocorrências que tornam a pessoa cada vez menos saudável.

O que a ciência diz sobre isso?
A relação entre saúde e felicidade é estudada há tempos e já não restam dúvidas de que o estado emocional da pessoa e o nível de satisfação em relação a ela mesma e aos outros têm um papel importante na manutenção da saúde e bem-estar. De acordo com recentes pesquisas realizadas na Universidade do Texas, a permanência em ambientes negativos, o mau humor e a tristeza podem induzir a complicações do diabetes, além de provocar inflamações e problemas cardíacos.

Descubra o que a felicidade pode fazer pela saúde
Se por um lado, a tristeza, baixo-astral e negatividade retardam o funcionamento cerebral, atrapalham a cognição e provocam o estresse, por outro, os pensamentos positivos e a felicidade de viver podem fazer maravilhas pela nossa saúde, melhorando significativamente o funcionamento cerebral, acionando a criatividade, aumentando o estado de alerta e tornando o sistema imunológico mais forte.

Como ser mais feliz para ser mais saudável?
Se ser feliz está de fato ligado a ser mais saudável, devemos aumentar nossos esforços para alcançar a tão sonhada felicidade. Para tanto, o ideal é se afastar das pessoas negativas, começar a fazer o que gosta, estar bem consigo mesmo, cultivar momentos de descanso e lazer, ter objetivos de vida, se exercitar, trabalhar o equilíbrio emocional, conhecer gente nova, cultivar energias e sentimentos positivos, cuidar da sua imagem, realizar sonhos antigos, enfim, viver de forma mais leve e prazerosa.

Além disso, aprenda a priorizar as coisas que realmente importam. Não seja uma daquelas pessoas que perdem a saúde para conquistar dinheiro e que, tempos mais tarde, perdem dinheiro para ter a saúde de volta. Lembre-se que a verdadeira felicidade está em ser, não em ter.

E você, acredita na relação entre saúde e felicidade? Já é uma pessoa feliz e saudável ou ainda está em busca disso? Compartilhe suas experiências e opiniões conosco. Até a próxima!

i9c
i9c

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se!


×
Inscreva-se!


×